Frete Grátis a partir de R$ 300,00
Atualizando informações ...
Selo

Vinho Branco Argentino Trapiche Tesoro Chardonnay

Ref: BVIBRT00002996
Marca: Trapiche
Modelo: Interfood

Por:
R$ 126,39

R$ 120,07 à vista com desconto Pix - Vindi
 
* Aqui sua compra é 100% segura, compre com tranquilidade.
Simulador de Frete
- Calcular frete
Frete e prazo de entrega
Descrição Geral

Com 130 anos de tradição, a Trapiche está localizada em Luján de Cuyo (Mendoza, Argentina). Presente em mais de 80 países, é a maior exportadora de vinhos argentinos e está entre as 50 vinícolas mais admiradas no mundo, segundo a Drinks International. À frente de um extenso portfólio, está o renomado enólogo Daniel Pi.

Especificações Técnicas:

Uva : Chardonnay

País/Região: Argentina/Los Arboles,Vale do Uco, Mendoza

Teor alcoólico : 13,4%

Amadurecimento/Barrica: 12 meses em barricas de carvalho e foudres, 95% francês e 5% americano

Visual: Amarelo dourado

Olfativo: Maçã vermelha, manga, casca de limão e e um toque de caramelo

Paladar: Corpo médio. Cheio, frutado e final cremoso

Harmonização: Arroz com com frutos do mar, risoto de camarão, fettuccine Alfredo e queijos médios.

Temperatura: 12ºC

Volume: 750ml

Características
  • Indicação Geográfica: Mendoza
  • Uvas: Chardonnay
  • Continente: América do Sul
  • País: Argentina
  • Harmoniza com: Culinária Mediterrânea, Fruto do Mar, Aves, Molho Cacio e Pepe
Formas de Pagamento
Avaliações
Uva Chardonnay

Inúmeras foram as vezes em que os vinhos Chardonnay foram mencionados na literatura e no cinema. Trata-se de uma das uvas que produzem vinhos brancos mais conhecidas no mundo — muitas vezes até confundidas com o nome da bebida em si.

Elas têm origem na França, sendo também cultivadas nos Estados Unidos, na Austrália, na Nova Zelândia, no Chile, na África do Sul, na Argentina e, claro, no Brasil.

Checar a procedência dessas uvas é um ponto importante para quem deseja experimentar vários rótulos diferentes, uma vez que a casta é extremamente maleável, ou seja, sofre de maneira mais acentuada as consequências das variações de temperatura, regime de chuvas e qualidade do solo.

Isso significa que os vinhos terão características diferentes ligadas ao seu país de origem e também ao perfil de cada vinícola. No geral, quando cultivadas em regiões quentes, as bebidas são encorpadas e com baixa acidez. Se a temperatura local for ainda mais alta, é possível notar aspectos de frutas mais adocicadas, como melão e pêssego.

Em regiões de clima ameno, os vinhos Chardonnay tendem a possuir sabores mais cítricos. Por fim, quando produzidos em regiões frias, possuem corpo médio, acidez alta e são mais duros ao paladar, carregando também notas de ameixa e até de maçã verde.

Todas essas características naturais sofrem mudanças se a bebida passar por uma barrica de madeira. Geralmente, elas adquirem um teor alcoólico maior — o que aumenta a sensação de açúcar na bebida e, consequentemente, as faz não parecerem vinhos secos, embora permaneçam dentro dessa categoria.

Produtos visualizados

Carregando ...